ZUZU ANGEL

Uma noite de paparazzi

Bom mesmo é fazer coisas que você julgue divertidas.

De uma maneira engraçada e inesperada, eu e minhas irmãs conseguimos convites para a pré-estréia do longa-metragem Zuzu Angel, em Brasília, nesta quarta-feira (2).

Meu último dia de férias não poderia ter sido mais recreativo: decidida a ser a fotógrafa de uma noite típica de um paparazzi, eu me preparei para registrar o momento em que Luana Piovani (que interpreta Elke Maravilha) beija uma a uma de minhas irmãs.

Não. Não deu.

A máquina não funcionou (quem mandou eu não entrar na era digital). Dei um suspiro (um não, vários), e continuei minha pré-estréia como fotógrafa de celebridades.

Patrícia Pillar (Zuleika Angel Jones, a Zuzu) se aproxima. Clic! E um homem todo engravatado passa na minha frente. Ainda tenho esperanças de que eu tenha sido mais rápida do que a girafa de terno.

É claro que eu não nasci para ser fotógrafa. Mas, insistente que sou, juntei-me, descaradamente, aos ministros, parlamentares, atrizes, autoridades e todos os convidados do evento. Pronto! Minha vida de paparazzi começava a ter sucesso.

Enquanto isso, do outro lado, minhas irmãs riam da situação. Todas nós disfarçávamos. Afinal de contas, ninguém podia saber que éramos, sim, penetras. E parece que ninguém soube, pois os jornais publicaram que estavam presentes ao evento autoridades, políticos, atrizes e convidados. (risos)

A nossa noite foi mais do que divertida. E, para compensar toda a cara-de-pau, valeu a pena o “sacrifício” para ver o filme.

E, anotem:

Talvez eu e minhas irmãs lancemos um livro: 100 dicas de como ser um intruso com classe.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.