words

Ouvindo Passenger by Lisa Hannigan

Tenho algumas paixões na vida: duas delas são escrever e ouvir cantoras e compositoras. A primeira, desde criança,  começou como a maneira mais honesta de expressar o que sinto até fazer parte de minha profissão. A segunda, a de dizer o que eu gostaria de ter cantado ou de como eu gostaria de ter dito.

Penso que eu conseguiria viver sem muitas coisas, mas se me tirassem o lápis e o bloco de notas, eu me sentiria terrivelmente incompleta. Porque escrever, para mim, é o que mais me importa. É vasculhar o repertório da língua para encontrar as palavras que melhor reproduzam algo aqui de dentro.

… mas, às vezes, escrever não é possível. Porque não encontro palavras equivalentes. Ou porque os sentimentos e as percepções também sabem ser impronunciáveis.

2 Replies to “words”

  1. Pois é, sinto falta de escrever mais. Mas nada como ouvir uma música que consegue traduzir em palavras um sentimento que fica entalado no peito. Abraço.

  2. Acho que sempre chega um dia em que realmente nossos pensamentos somem antes de serem postos em folhas de papeis. Voce falou em cantoras, eu sempre me espelhava meus sentimentos em cantoras antigas, mas descobri a pouco que existe boas cantoras atualmente.

    Beijos!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.