truth

Os homens que realmente acreditam em si mesmos estão todos em asilos de loucos. (Gilbert K. Chesterton, escritor inglês)

Verdade
por Aline Menezes

Na infância, tive a curiosidade de ler o Novo Testamento. Sozinha, numa cadeira de balanço improvisada na lojinha de minha mãe, comecei a ler de Mateus a Apocalipse. Evidentemente, eu estava diante de um grande desafio: o de, tão cedo, querer compreender o que muitos adultos reproduziam de modos tão diversos, muitos dos quais equivocados, distorcidos e violentamente deturpados… Um versículo bem popular sempre me paralisou:

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” (João 8:32)
Não sei, mas acho que a união dos termos conhecimento, verdade e liberdade me produzia algum efeito, alguma inquietação, alguma vontade de saber mais sobre aquele pequeno livro que eu recebera dos gideões missionários na escola e o qual eu adorava folhear e ler… “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”…

Penso que só há um tipo de verdade que nos faz livres… Penso que, longe dessa verdade, qualquer liberdade do homem é engano e escravidão disfarçada… 

Penso também que a verdade a que me refiro e sobre a qual não tenho grandes explicações é aquela que me livra das religiões e do espírito religioso e me aproxima da possibilidade de errar para me tornar mais segura, mais serena diante da brutalidade do mundo (mundo aqui não tem a conotação dada pelas igrejas, mas significa toda a extensão da vida), menos intolerante e mais aberta à diversidade da vida… e que me coloca numa presença invisível, porém segura, sem riscos, porque os riscos que se tem são naturalmente bons para a existência, para o crescimento da alma… 

Penso que busco no meu caminho particular esta verdade… que se instala profundamente no ser. E que me liberta todos os dias…

2 Replies to “truth”

  1. Adoro seus textos… passaria lendo o dia todo… muito bacana a forma que explana suas ideias. Parabéns por mais este! E a verdade? Eu a busco…rs

  2. Muito bom o texto Aline 😉

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.