spring

Sobrevivi ao hedonismo de minha juventude e à castidade de minha idade madura, a meu egoísmo heroico, à falta de dinheiro e de alegria, à minha depressão. E estou disposta a viver muito mais. (João Almino in As cinco estações do amor)

É sempre bom experimentar um novo dia. Ter a certeza de que deixamos muitas coisas para trás. Sentir que fizemos o movimento certo. E lembrar que muita coisa mudou.

É sempre bom andar devagarinho. E também se apressar para não perder a hora exata. Ficar agasalhada nos tempos de frio. E andar nua num calor insuportável.

… e, melhor ainda, é viver esta leveza aqui comigo.

2 Replies to “spring”

  1. É ótimo encontrar um equilíbrio entre os extremos da vida. Tirar um bom do ruim, não se render e não deixar de se entregar ao mistério de viver. Um forte abraço e mais uma vez felicidades por esta data especial.

  2. Gostei da frase de abertura. Tão simples e tão contundente ao mesmo tempo. Um beijoooo

Deixe uma resposta