SEM BARGANHAS COM DEUS

Uma leitura sobre a graça e a liberdade

“(…) a Graça [de Deus] pode ser objeto da idiota presunção humana de interpretá-la como licença para a prática da libertinagem. Libertinagem é a banalização da liberdade, fazendo-a tornar-se escravidão à necessidade e ao desejo, mas sob o escudo da pseudojustificação, que, nesse caso, justifica apenas o pecado, mas não liberta o pecador!” (p. 129)

Liberdade é a capacitação na Graça e na Verdade de poder escolher-se-deixar-levar pelo Espírito, que realiza o Bem de Deus no ser humano, conduzindo-o no Caminho Estreito que acontece, em fé, entre a Lei e a Libertinagem, na vereda do amor. (p. 16)

Graça é … toda-tudo-toda manifestação do amor criador-redentor de Deus – e que se expressou supremamente no Escândalo da Cruz -, que sempre é favor imerecido, incluindo a criação do ser, mesmo que seja um ser assim como sou! Pois, sou-serei-sendo-já-sou, Nele! (p. 16)

_________
Tópicos extraídos integralmente do livro Sem Barganhas com Deus (Fonte editorial, ano 2005), de Caio Fábio.

One Reply to “SEM BARGANHAS COM DEUS”

  1. The following time I read a weblog, I hope that it doesnt disappoint me as much as this one. I mean, I do know it was my option to read, but I actually thought youd have one thing attention-grabbing to say. All I hear is a bunch of whining about one thing that you possibly can repair in case you werent too busy looking for attention. Elsie Narciso http://twitter.com/Babarajcrlw

Deixe uma resposta para Elsie Narciso Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.