Saturnal (por Olga Savary)

|| Vítima da Covid-19, a poeta Olga Savary morreu em 15 de maio de 2020, aos 86 anos, em Teresópolis, no Rio de Janeiro. Nascida em Belém do Pará, Olga é frequentemente lembrada como a primeira mulher brasileira a publicar um livro de poesia erótica, o “Magma” (1982). Antes disso, porém, ela escreveu os poemas reunidos em “Espelho Provisório” (1970), seu primeiro livro e vencedor do Prêmio Jabuti no ano seguinte pela categoria “Autor Revelação”, assim como “Sumidouro” (1977) e “Altaonda” (1979). Posteriormente, vieram mais obras poéticas. A escritora também recebeu outras dezenas de premiações, como duas vezes o Prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte (edições 1977 e 2008). Além disso, Olga Savary foi tradutora, contista, ensaísta e jornalista, entre outras atividades que ela exerceu ao longo da vida. Para esta série de poemas eróticos, inaugurada nesta semana com Hilda Hilst (a propósito, ambas eram amigas), selecionei o poema “Saturnal”, de Savary. Confira!

Saturnal

Paraíso é essa boca fendida de romã
— bagos de vida,

paraíso é esse mistério de água ininterrupta
fluindo do terminal das coxas,

é a vulva possuída-possuindo
violáceo cacho de uvas,

é esse dorso de vinho navegável
atocaiado para um crime.  

________________
Onde encontrar o poema:
SAVARY, Olga. Repertório selvagem. In: Obra Reunida: 12 livros de poesia, 1947-1998. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional/ MultiMais / Universidade de Mogi das Cruzes, 1998, p. 186.

  

Concepção e fotografia: @mariussperlich / Maquiagem: @joannabacas | Fonte: @revistatrip

4 Replies to “Saturnal (por Olga Savary)”

  1. NATAN VALADARES DE ANDRADE says: Responder

    Adorei o texto, desconstruir é necessário, Aline. Parabéns pelo site e por cada publicação.

  2. Natan, meu amigo, obrigada pela sua visita! É bom saber que tem gostado de vir aqui. Obrigada! <3

    1. Que forte esse poema!! Gostei. Parabéns pela postagem e homenagem à poeta Olga Savary

      1. Agradeço pela visita, Hudson!!! rs Também gostei bastante deste poema. bye bye

Deixe uma resposta para Denise Hudson Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.