LIBERDADE DO TEMPO

Há mesmo cidades sensuais, concentradas na espera ansiosa de quem, macho, logo as domine. Abrem-se as portas de tal modo que são coxas, braços abertos. (Carlos Drummond de Andrade)

(…) e nem todos pensam. Sentem-se menos sozinhos. Porque eles têm. A mentira não compensa. Honestos; leais; humanamente pecadores. As propriedades da vida. Reconhecimento mútuo. Alegria de compartilhar as faltas. Aliviar a bagagem uns dos outros. E assim deve ser.

Nada vale a pena, se não houver admiração, sensibilidade. Beleza. Mesmo nas coisas feias. Perfeição é o ideal dos tolos. É neurose. São as coisas imperfeitas que me animam. Que me dão prazer. Afinal, somos homens. Seres terrivelmente desalinhados…

… e, às vezes, suavemente encantadores.

___________
ANDRADE, Carlos Drummond de. Trecho do poema Ouro Preto, Livre do Tempo. In:____ Corpo. 16ª edição. Rio de Janeiro: Editora Record, 2002, p. 87.

9 Replies to “LIBERDADE DO TEMPO”

  1. ‘Cansamo-nos de tudo, excepto de compreender, disse o escoliasta.Compreendamos, compreendamos sempre, e façamos por tecer astuciosamente capelas ou grinaldas que hão-de murchar também, as flores espectrais dessa compreensão’. Fernando Pessoa

    “Não nos cansamos, porém, de ter, ainda que transitoriamente, as opiniões alheias, para o único fim de sentir o seu influxo e não seguir o seu impulso.” (Fernando Pessoa, em ‘Livro do Desassossego’)

  2. Confesso que não consegui associar a citação com o seu texto. Mas concordo, acho que a perfeição é insensível, mecânica, serve como ideal a ser perseguido, mas não alcançado.

    []s

    José, nem sempre as associações estarão claras e evidentes. E nem sempre farei associações. Às vezes, é apenas um detalhe que remete a frase ao texto… Coisas de quem escreve!!! beijos, Aline

  3. Entendo, é que eu sou de exatas sabe então procuro explicação para tudo, e para os dois textos estar no mesmo post tem que haver uma relação, nem que seja só na cabeça do escritos (risos).

    É como falei: tem associações que só estão na cabeça do escritor. E a revelação disso perderia a graça. beijos, Aline

  4. Ai ai moça, eu acabei de chegar da rua , num verdadeiro dia daqueles , mas tinha q vir aq. Estou em falta há uns dias com vc. E , como em um dia daqueles é bom ouvir “A mentira não compensa” , mesmo q a gente saiba q a verdade é uma escolha de poucos. bjs

    Oi, Helen. Não me considero “o exemplo de paciência”, mas ainda assim aprendo a exercê-la na medida do possível. Porém, tem uma coisa com a qual não consigo conviver, nem muito menos tenho o mínimo de paciência: pessoas mentirosas. Nem daquela “mentirinha” eu gosto. Nesta vida, infelizmente, conheço poucas pessoas que prezam pela honestidade até mesmo nas pequenas coisas. Sei que, às vezes, por conta das circunstâncias, não falar a verdade é uma saída melhor. No entanto, as pessoas, em geral, fazem disso a mentira descarada… É uma pena! beijos, Aline

  5. Perfeição, tá aí , uma grande mentira q alguns inventam pra esconderem quem realmente são. bjs

    Repito: perfeição é o ideal dos tolos. bjs, Aline

  6. Desculpe discordar, mas não acho que perfeição é ideal dos tolos. Ela deve sim ser perseguida e um dia iremos alcançá-la!

    Wandick, sinta-se à vontade para discordar. E não acredito que ela será alcançada. Não aqui, entre os mortais! beijos, Aline

  7. “pois àqueles que ele distinguiu na sua presciência, predestinou-os também para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que este seja o primogênito entre muitos irmãos. E àqueles que predestinou, também os chamou; àqueles que chamou, também os justificou; e àqueles que justificou, também os glorificou.” Rom 8 29,30
    “Ele então transformará o nosso corpo miserável, tornando-o semelhante ao seu corpo glorioso, em virtude daquele poder com que pode sujeitar ao seu domínio todas as coisas.” Filipenses 3 21.

    Wandick, não sei qual a sua intenção ao publicar esses versículos. De qualquer modo, saiba que eu os conheço. Porém, em nenhum momento, isso reflete a chegada da perfeição entre os mortais. Não é essa minha interpretação. beijo, Aline

  8. Aline,
    Só coloquei para mostrar que concordo com você…

    Wandick, não entendi em “quê” concorda e em “quê” discorda. bjs, Aline

  9. Aline,

    Concordo que a perfeição talvez não seja atingida por nós mortais.

    Discordo que somos tolos em não ter a perfeição como ideal. “Não que eu tenha já atingido a meta ou já tenha chegado à perfeição, mas prossigo em minha corrida, para ver se a conquisto, porque foi para esse fim que eu mesmo fui conquistado por Cristo Jesus.” Filipenses 3, 12
    Beijão, Wandick

    Wandick, a perfeição nunca será atingida por nós, mortais. Enquanto você tentar interpretar meus textos de forma literal, vamos continuar discordando de muitas coisas. Para mim, só os tolos têm como ideal a perfeição. E não digo com isso que Paulo era tolo. Eu tenho como ideal buscar as coisas que se aperfeiçoam, não as que são perfeitas. beijos, Aline

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.