coldness

Uns dias frios
por Aline Menezes*

No semáforo, na fila do banco, num restaurante, num café ou aguardando ser atendida em algum lugar, observo as pessoas: o casal no sábado à noite distrai-se, individualmente, nas telas de seus celulares; o pai que sai para passear com o filho não presta atenção na criança porque está entretido sozinho; a família na pizzaria não está em família, pois cada um parece estar isolado entre selfies, mensagens instantâneas, fotografias dos pedaços da pizza e muitas poses para exibir a “união sagrada”; os quatro amigos que estão na livraria, quase mudos, concentram-se em seus iPhones, sem que nenhum deles fale uns com os outros; a moça da casa lotérica me atende conferindo as mensagens que não param de chegar do WhatsApp…

Continue lendo “coldness”