fundamentalism

Fundamentalismos e liberdades
Por Alexandre Pilati*

Como é possível alguém alegrar-se com o mundo,

a não ser quando se refugia nele?

Franz KafkaAforismos.

O dia 07 de janeiro de 2015 será lembrado pelo terror que mais uma vez golpeou duramente a humanidade. A cidade de Paris confrontou-se nesta data com a violência paroxística de um ataque que deixou 12 pessoas mortas e mais uma dezena de feridos, alvejados na sede do semanário francês Charlie Hebdo. O atentado foi o pior ocorrido na cidade desde 1961, quando ativistas de extrema direita, contrários à independência da Argélia, explodiram uma bomba na linha de trem entre Estrasburgo e Paris, matando 28 pessoas. No ataque ao Charlie Hebdo, homens encapuzados e armados com devastadores fuzis Kalashnikov, supostamente agindo em honra da Guerra Santa Islâmica, mataram alguns dos mais reconhecidos cartunistas e jornalistas da França, entre eles o editor da revista Stéphane Charbonnier (o Charb), Jean Cabut, Georges Wolinski, Bernard Maris, Bernard Verlhac (o Tignous).

Continue lendo “fundamentalism”